WEB RÁDIO NOVA ALIANÇA GOSPEL

NOSSOS PARCEIROS MISSÃO EVANGELIZAR È PRECISO

NOSSOS PARCEIROS IDE E PREGAI O EVANGELHO

NOTICIAS E INFORMAÇÃO DO MUNDO GOASPEL

RÁDIO NOVA ALIANÇA E AS NOTICIAS DO MUNDO CRISTÃO 24 HORAS NO AR NOVA ALIANÇA LÍDER EM AUDIÊNCIA

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Gleisi Hoffmann convoca árabes para se ‘juntarem à luta’ por libertação de Lula; Lei prevê cadeia

A presidente do Partido dos Trabalhadores, senadora Gleisi Hoffmann, protagonizou um vídeo em que pede apoio ao mundo árabe para livrar o ex-presidente Lula (PT) da cadeia, mesmo com sua condenação em duas instâncias e pleno exercício do direito de defesa. O material, no entanto, está sendo considerado uma violação da lei de segurança nacional, e poderá render um processo à parlamentar. Gleisi Hoffmann vem ficando marcada por declarações desastrosas desde que assumiu a presidência do PT, e agora, demonstrou desapego à legislação brasileira – mesmo sendo uma senadora da República – e fez afirmações sem fundamentação com a realidade do processo que condenou Lula à cadeia. Segundo a senadora paranaense, Lula “foi condenado por juízes parciais em um processo ilegal” e é um “preso político”. No entanto, a condenação sentenciada pelo juiz federal Sérgio Moro foi referendada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre (RS) e os habeas corpus negados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que é formado por diversos ministros indicados pelos governos petistas. Entretanto, o trecho que vem causando perplexidade é a sugestão feita por Gleisi Hoffmann para que o mundo árabe ajude a libertar Lula: “Em todo mundo há manifestações de solidariedade ao ex-presidente e pedidos pela sua liberdade. Convido a todos e a todos a se juntarem conosco nessa luta”. A lei 7.170, de 1983, estipula que pedir ou estimular que governos ou grupos estrangeiros invervenham nas instituições nacionais e no cumprimento das leis é crime contra a segurança nacional. Diante disso, o deputado federal Major Olímpio (PSL-SP) protocolou junto à Procuradoria-Geral da República (PGR) um pedido de investigação. O vídeo foi gravado por Gleisi Hoffmann para a emissora de TV Al-Jazeera, uma das mais influentes no mundo árabe. Nas redes sociais, diversos críticos do PT consideraram a declaração da senadora como um convite para a ação de grupos extremistas. O artigo oitavo da lei 7.120/83 prevê pena de três a quinze anos de prisão para quem “entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil”, e acrescenta que “ocorrendo a guerra ou sendo desencadeados os atos de hostilidade, a pena aumenta-se até o dobro”.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por-http://www.radionovaalianca.net/

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Malafaia sai em defesa de Bolsonaro contra acusação da PGR: “Opinião virou racismo e homofobia”

O pré-candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ), deputado federal, foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) ao Supremo Tribunal Federal (STF) por racismo devido a um discurso ácido e longe do politicamente correto em um evento no Clube Hebraica Rio. A repercussão da polêmica levou o pastor Silas Malafaia a defender o político conservador. Bolsonaro, que aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto em cenários sem o ex-presidente Lula (PT), fez uma crítica à ociosidade de pessoas e áreas agricultáveis em reservas índigenas e quilombolas, o que atrapalharia a economia do Brasil. “Onde tem uma terra indígena, tem uma riqueza embaixo dela. Temos que mudar isso daí”, propôs, na ocasião. Relatando ter ido a um quilombo, o deputado expressou sua indignação com a falta de produtividade das pessoas que vivem nessas comunidades, com apoio do Estado: “O afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada. Eu acho que nem para procriador eles servem mais. Mais de R$ 1 bilhão por ano é gasto com eles”, criticou. Esse comentário foi interpretado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, como racista. Agora, Bolsonaro poderá ser julgado e se for condenado, a pena varia entre 1 a 3 anos de prisão, mais R$ 400 mil de multa. “VERGONHA! O art. 53 da Constituição diz que deputados e senadores são invioláveis por suas opiniões e votos… Querem incriminar Bolsonaro por suas opiniões. Emitir opinião virou racismo e homofobia. Tremenda safadeza para tentar barrar Bolsonaro”, afirmou Silas Malafaia, fazendo alusão ao fato de o deputado ser um dos ponteiros na corrida presidencial. Em nota, a assessoria de Jair Bolsonaro afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que o parlamentar “não terá qualquer dificuldade para demonstrar, na esfera judicial, que não é racista”, pois se posicionou a respeito de uma situação específica e recorrente nas comunidades citadas. “Como parlamentar, ele tem o direito, e o dever, de debater temas polêmicos que afligem o povo brasileiro e seu eleitorado. Foi exatamente o que fez no Clube Hebraica, ao defender que todos devem trabalhar para seu próprio sustento, inclusive quilombolas e indígenas, ao invés de serem sustentados pelo Estado”, acrescentou. Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia VERGONHA! O art 53 da constituição diz q deputados e senadores são invioláveis por suas opiniões e votos....querem incriminar Bolsonaro por suas opiniões.Emitir opinião virou racismo e homofobia.Tremenda safadeza para tentar barrar Bolsonaro. 17:41 - 17 de abr de 2018 1.618 648 pessoas estão falando sobre isso Informações e privacidade no Twitter Ads Aécio Silas Malafaia também comentou a decisão do Supremo em tornar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) réu por corrupção e obstrução da Justiça, no caso em que teria recebido propina de R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista, dono da J&F. “CORRETÍSSIMO a 1ª turma do STF aceitar a denúncia contra Aécio. Se fosse dinheiro emprestado porque não deu um cheque? Mesmo sendo em dinheiro vivo, porque não depositou em conta já que era dinheiro emprestado? Desculpa esfarrapada de Aécio”, opinou Malafaia. O pastor também aproveitou para alfinetar esquerdistas: “A conversa fiada do PT cai por Terra. O PT, como sempre, tentou enganar o povo brasileiro com a conversa que Lula é condenado político. O STF aceita denúncia contra Aécio, o mesmo motivo de Lula. CORRUPTOS! Ñ ENGANAM MAS O POVO!”, afirmou. Na mesma sequência de tweets, Malafaia também fez críticas a outro pré-candidato a presidente da esquerda: “[Guilherme] Boulos [PSOL] e seus militontos, acabam de dar a prova final que o triplex é de Lula. Invadiram o apto para protestar. Cambada de idiotas comandados por um filhinho de papai da classe média metido a comunista. Só kkkkk muito kkkk nem pensam para agir, continuem assim kkk”, finalizou. Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia CORRETÍSSIMO ! A 1ª turma do STF aceitar a denúncia contra http://xn--acio-bpa.Seaécio.Se fosse dinheiro emprestado porque não deu um cheque? Mesmo sendo em dinheiro vivo, porque não depositou em conta já q era dinheiro emprestado?Desculpa esfarrapada de Aécio. 17:32 - 17 de abr de 2018 305 72 pessoas estão falando sobre isso Informações e privacidade no Twitter Ads Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia A CONVERSA FIADA DO PT CAI POR TERRA > O PT, como sempre, tentou enganar o povo brasileiro com a conversa q Lula é condenado político.O STF aceita denúncia contra Aécio, o mesmo motivo de Lula. CORRUPTOS! Ñ ENGANAM MAS O POVO! 05:36 - 18 de abr de 2018 272 67 pessoas estão falando sobre isso Informações e privacidade no Twitter Ads Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia Boulos e seus militontos, acabam de dar a prova final q o triplex é de Lula. Invadiram o apto para protestar.Cambada de idiotas comandados por um filhinho de papai da classe média metido a comunista.Só kkkkk muito kkkk nem pensam para agir, continuem assim kkk
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

terça-feira, 17 de abril de 2018

Raio mata pastor que orava no monte debaixo de chuva

A prática de subir ao monte para orar é muito comum entre evangélicos pentecostais, mas se mostrou fatal para um pastor que sofreu uma descarga elétrica de um raio e morreu enquanto orava embaixo de um coqueiro. O caso foi registrado no começo de abril, mas repercutiu amplamente na última semana. O pastor Damião Correa do Nascimento foi ao Monte do Pilar, em Duque de Caxias com sua esposa para orar, e no momento em que começou chover, ele buscou abrigo. Instantes depois, o raio atingiu o outro pastor que estava sob o coqueiro. O pastor Nascimento fotografou o coqueiro em chamas e foi prestar socorro ao outro pastor que havia sido atingido, mas ele já estava sem vida. Assustado, ele resolveu fazer um vídeo para aconselhar os fiéis a não se exporem ao risco quando o clima não se mostrar favorável. “Isso é um alerta para que os irmãos vejam e guardem. Nunca vi isso acontecer”, disse Nascimento, que é pastor da Assembleia de Deus Monte de Oração. Ele e pastores de outras igrejas que estavam no local fazendo suas orações acionaram o socorro. Nascimento afirmou que a vítima havia chegado ao local de bicicleta, mas estava sem documentos de identificação. O vídeo do alerta do pastor Damião Correa do Nascimento traz um importante conselho sobre a necessidade de se valer da sensatez e da busca por abrigo diante de tempestades. No entanto, as imagens são fortes, uma vez que o corpo do pastor que foi atingido pelo raio é mostrado sem censura.
Fonte- Noticias Gospel Mais/Por-http://www.radionovaalianca.net/

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Adolescente deixa igreja evangélica e põe virgindade à venda para ajudar no tratamento de saúde da mãe. Assista

A condição de saúde da mãe levou uma adolescente evangélica a oferecer a virgindade em leilão na internet. Rebeca Bernardo Ribeiro, 18 anos, teve a ideia após ver a iniciativa da jovem catarinense Ingrid Migliorini, que através de um reality show internacional, conseguiu R$ 1,5 milhão por sua virgindade. Segundo Rebeca, sua mãe é aposentada por invalidez devido a um AVC (acidente vascular cerebral) sofrido há quatro anos, o que resultou em graves sequelas, como por exemplo, a dificuldade de se alimentar e falar, além da incapacidade de tomar banho sozinha. -Eu vi o vídeo da Catarina (Ingrid), vi a coragem dela de não ter medo de ser julgada, não nego que vi o quanto ela conseguiu adquirir e pensei em quanto posso adquirir e mudar minha vida. Eu estava passando muita dificuldade, até para conseguir ajuda para comprar remédios, marcar exames. A gente vive com um salário mínimo. Até já tentei trabalhar, mas aqui na cidade paga pouco. Só consegui ganhar R$ 40, R$ 100 por trabalho um mês inteiro. Não faz diferença esse dinheiro porque teria que pagar uma pessoa para cuidar da minha mãe – relatou ao G1. Segundo a jovem, a repercussão de sua iniciativa foi vista com maus olhos pelos vizinhos, e ela desistiu do leilão por medo de represálias: “Tirei do ar logo porque eu não estava podendo frequentar a rua, tinha medo do que as pessoas poderiam fazer”, conta ela, que ainda estuda e atualmente cursa o 2º ano do Ensino Médio. A jovem conta que deixou de frequentar a igreja desde que a condição de saúde de sua mãe foi prejudicada, mas que não tem sido criticada pelos amigos por isso: “Eles não concordam, mas também não me deixam de lado. Acham que eu não preciso ser julgada e sim aconselhada e apoiada”. Segundo Rebeca, ao publicar o vídeo, recebeu uma proposta de R$ 70 mil de um empresário baiano, e uma oferta de um estrangeiro, que chegou a oferecer R$ 6 milhões. Entretanto, perante a repercussão, ela resolveu mudar de ideia e desistir do leilão. Confira o vídeo em que Rebeca anunciou o leilão de sua virgindade:
Fonte-Noticias Goapel Mais/Por-http://www.radionovaalianca.net/

Ariovaldo Ramos diz que Jesus estaria em Curitiba defendendo Lula “se estivesse aqui”

O pastor Ariovaldo Ramos gravou um vídeo nas manifestações a favor de Lula em Curitiba (PR) afirmando que protestar contra a prisão do condenado é a vontade de Jesus. O vídeo vem repercutindo nas redes sociais e causando enorme debate entre evangélicos que reprovam seu comportamento, e os que aderiram ao discurso de que a prisão do ex-presidente é política. Ariovaldo Ramos assumiu sua faceta militante de esquerda há alguns anos, defendendo sem ressalvas toda a política de esquerda e ideologias promovidas no pacote representado por partidos como PT e PSOL, passando inclusive a integrar o escopo de articulistas da Mídia Ninja, grupo de comunicação apoiado por entidades esquerdistas nacionais e internacionais. A adesão de Ariovaldo ao movimento esquerdista parece ter sido uma reação ao “convite” feito pelo ex-ministro Gilberto Carvalho (PT) em 2012, quando afirmou que o espectro político/partidário da esquerda deveria estabelecer uma disputa ideológica pela formação de opinião das classes C, D e E com as igrejas evangélicas, como forma de minar o conservadorismo no país. “Estamos aqui em Curitiba, onde estão os acampamentos do pessoal que veio apoiar o ex-presidente Lula que está preso aqui perto, no prédio da Polícia Federal. A gente sabe que essa prisão é política, é uma perseguição. Então, na verdade, a gente já considera o Lula como um preso político”, afirmou Ariovaldo Ramos. O argumento usado pelo pastor militante de esquerda é o mesmo repetido ao longo dos últimos meses: “Não há provas [contra Lula]”, afirmou Ariovaldo Ramos. Segundo o pastor, sua condenação é uma ação para interromper o projeto do PT para o Brasil: “Toda tentativa é para desmontar o Estado social brasileiro e a esperança do trabalhador, a esperança por Justiça, pelo Direito. Então, a Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito também está aqui em Curitiba. Nós temos um grupo aqui […] e estamos aí, nessa luta, a luta”, acrescentou. “Vamos continuar assim, porque essa é a vontade de Cristo. A gente está fazendo o que Ele faria se estivesse em carne e osso aqui. E Ele está, através de mim, através de você, através de nós, da Sua Igreja, a Igreja que realmente lhe é fiel”, concluiu. A reação às palavras de Ariovaldo Ramos foi forte nas redes sociais. Uma das páginas que compartilharam o vídeo chegou a falar em apostasia da fé cristã em favor de uma adesão à ideologia política que reproduz o pensamento comunista inspirado por Karl Marx. Reação parecida já havia sido registrada quando o pastor discursou em São Bernardo, após a decretação da prisão de Lula. O pastor e teólogo Yago Martins, da Igreja Batista Maanaim, publicou um vídeo no canal Dois Dedos de Teologia, no YouTube, tecendo duras críticas à postura de Ariovaldo. “Impressionante ver o que aconteceu a esse senhor. Triste constatar que a apostasia prevaleceu sobre Ariovaldo. Alguns dos seus pares do passado, apostataram em virtude do sexo, poder e dinheiro. Já o Ariovaldo apostata por causa de sua ideologia marxista, a qual colocou acima da verdade e do próprio Deus. Oremos ao Senhor que tenha misericórdia de sua vida reconduzindo-o a austeridade e sobriedade”, criticou a página Teologia Para a Vida, no Facebook.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por-http://www.radionovaalianca.net/