WEB RÁDIO NOVA ALIANÇA GOSPEL

NOSSOS PARCEIROS MISSÃO EVANGELIZAR È PRECISO

NOSSOS PARCEIROS IDE E PREGAI O EVANGELHO

NOTICIAS E INFORMAÇÃO DO MUNDO GOASPEL

RÁDIO NOVA ALIANÇA E AS NOTICIAS DO MUNDO CRISTÃO 24 HORAS NO AR NOVA ALIANÇA LÍDER EM AUDIÊNCIA

quinta-feira, 30 de março de 2017

Van de igreja que transportava idosos após retiro colide em rodovia e mata 13 fiéis

Um acidente de trânsito ceifou a vida de 13 evangélicos após a colisão da van onde viajavam com uma caminhonete. O grupo de fiéis, todos idosos, voltavam de um retiro. A tragédia que tirou a vida desses treze evangélicos foi registrada na cidade de Uvalde, no Texas (EUA), na rodovia 83, uma das principais do estado, próximo à região de San Antonio. A van levava 14 pessoas e a caminhonete apenas o motorista. De acordo com informações das agências internacionais de notícias, o sargento Conrad Hein, representante do Departamento de Segurança Pública do Texas, disse que os feridos foram levados a um hospital próximo, incluindo o motorista da caminhonete. Até o fechamento da matéria, não havia informações se ele havia morrido. Os fiéis que viajavam na van eram membros da igreja First Baptist Church New Braunfels. No Facebook, a liderança da denominação pediu oração aos fiéis pelos sobreviventes, já que inicialmente dois haviam sido resgatados com vida, e familiares de todos os envolvidos. “Um grupo de idosos de nossa igreja estava voltando para a casa de um retiro de três dias quando seu veículo se envolveu em um acidente. Sabemos que houve mortes, mas ainda não recebemos nenhuma informação oficial das autoridades locais”, pontuava a nota. No final desta quarta-feira, 29 de março, uma nova nota foi divulgada com a informação de que havia sido confirmada a morte da décima terceira vítima: “É com grande pesar que confirmamos que treze dos catorze passageiros no acidente de ontem com a van foram chamados para a casa de Jesus. O sobrevivente está em estado grave, mas estável”, informou.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

quarta-feira, 29 de março de 2017

URGENTE: aborto pode ser legalizado dentro de 4 dias pelo Supremo após ação do PSOL

PSOL entrou com uma ação no STF pedindo a legalização do aborto até a 12ª semana de gestação. Ministra Rosa Weber deu prazo de 5 dias para a manifestação do Presidente Temer e outras autoridades. Partido Social Cristão já se manifestou sobre o caso
A população brasileira, através de consultas populares e pesquisas oficiais, já se posicionou diversas vezes contrária à legalização do aborto no país. Todavia, alguns partidos liberais mantém uma postura firme contra os interesses da maioria. É o caso do PSOL, partido do deputado Jean Wyllys – que propõe aposentadoria especial para prostitutas. Dessa vez, porém, a intenção do PSOL é descriminalizar o aborto até a 12ª semana da gestação. O PSOL entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para legalizar o aborto até a 12ª semana, sob a justificativa de “discriminação” contra mulheres negras, indígenas, pobres e de baixa escolaridade, que vivem em regiões distantes dos centros urbanos e, portanto, segundo o argumento do partido, não teriam as mesmas condições das mulheres “ricas” em se precaver da gravidez. Talvez, implicitamente, até mesmo de fazer um abordo seguro, ainda que clandestino. Para o PSOL e sua militância, ao que parece, devemos culpar os menos indefesos e torná-los réu de juízo por terem surgido no útero de mulheres que, segundo a lógica implícita do argumento, não possuem qualquer conhecimento sobre como acontece a gravidez, suas consequências e responsabilidades, mesmo em pleno século XXI. No final das contas, uma problemática ética de ordem social maior, que envolve infraestrutura, conscientização, educação e diz respeito aos que já nasceram, virou argumento dos liberais para justificar a morte dos mais inocentes da história: os bebês! Isso, porque, segundo o PSOL, com base na precariedade onde vivem algumas mulheres menos favorecidas, o aborto deve ser legalizado porque “os métodos para a realização de um aborto são mais inseguros do que aqueles utilizados por mulheres com maior acesso à informação e poder econômico, resultando em uma grave afronta ao princípio da não discriminação”, segundo informações publicadas no Estadão. A relatora da ação, ministra Rosa Weber, determinou na última segunda-feira (27) que o presidente Michel Temer, o Senado e o Congresso se posicionem perante o caso dentro de cinco dias. O Partido Social Cristão (PSC) entrou com um pedido para que seja aceito como “amigo da Corte” no âmbito da ação. Ou seja, que participe da análise da questão, na intenção de opinar no sentido contrário à proposta. Para o PSC “o direito à vida é inviolável, posto a salvo desde a concepção e dele ninguém pode ser privado arbitrariamente”. Quem também se manifestou nas redes sociais foi o pastor Silas Malafaia. Através da sua conta no Twitter, Silas criticou o STF em “querer aprovar o aborto na caneta”, dizendo que fará um vídeo comentando o caso: “Quinta-feira vou postar um vídeo do absurdo do STF querer aprovar o aborto na caneta. Importantíssimo você assistir.”, escreveu ele.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

terça-feira, 28 de março de 2017

Em meio à Reforma da Previdência, Jean Wyllys propõe aposentadoria especial para prostitutas

A Reforma da Previdência vem sendo debatida no Congresso Nacional em meio a inúmeras polêmicas, por conta da previsão de quase cinco décadas de contribuição para que o trabalhador tenha acesso ao benefício integral. E nesse cenário, O deputado Jean Wyllys propõe um regime especial para profissionais do sexo, já que atualmente essas pessoas teriam que contribuir como um profissional autônomo comum. O deputado federal e ativista gay é autor do projeto de lei 4.211/12, apelidado de “lei Gabriela Leite” – uma ex-estudante de sociologia que adotou a prostituição como meio de vida aos 22 anos e faleceu em 2013 – que busca regulamentar a venda de sexo como profissão. A ideia de aposentadoria especial para prostitutas e garotos de programa é defendida por Wyllys como forma de “garantir a dignidade” das pessoas que se sustentam com a chamada “profissão mais antiga do mundo”. “Eu quero proteger os direitos delas, garantir a dignidade e combater a exploração sexual de crianças e adolescentes. Digo, ‘elas’, porque a maioria das pessoas que realizam trabalho sexual são do gênero feminino, mas o projeto também beneficia os garotos de programa”, disse Wyllys, segundo informações da Agência Brasil. Para Jean Wyllys, a exploração sexual por parte de cafetões só “ocorre quando há apropriação total ou maior que 50% do rendimento da atividade sexual por terceiros”, dando a entender que a lei toleraria “parcerias” em que o proxeneta abocanha 49% ou menos. + Evangélicos fazem campanha contra projeto de Jean Wyllys para legalizar a prostituição “O projeto busca fazer uma clara distinção entre o que é trabalho sexual voluntário – praticado por pessoas adultas – e a exploração sexual de adultos”, argumenta.“O profissional do sexo poderá prestar serviços como trabalhador autônomo ou em cooperativas, e as casas de prostituição são permitidas desde que não ocorra exploração sexual”, concluiu. Cida Vieira, presidente da Associação de Prostitutas de Minas Gerais (APROSMIG), defende o projeto, e diz que, como qualquer outro profissional, a prostituta deve ter o direito de se aposentar e receber benefícios da Previdência Social. Outra apoiadora da iniciativa é Marcela Azevedo, representante do movimento Mulheres em Luta, mas afirma que gostaria existisse a oferta de condições para que as mulheres não precisassem mais vender o corpo para sobreviver. “Nós nos solidarizamos com as lutas dessas mulheres contra violência, exploração, por direito a se aposentar. Mas a gente acha que o caminho não é regulamentar, pelo contrário, é superar a prostituição. A alternativa é garantir as condições para que as mulheres que estão em situação de prostituição, não por opção mas por necessidade, que possam construir a sua vida em outra condição”, concluiu. + Deputado Jean Wyllys demonstra incômodo com denúncias do Gospel+ A jornalista Rachel Scherazade comentou o projeto de lei e criticou a iniciativa, afirmando que o deputado “ex-BBB romanceia a prostituição, como se ela fosse uma opção, como se a exploração sexual não fosse uma agressão e uma indignidade contra a mulher, sua alma, seu corpo”. “Quantas escolheriam a difícil vida fácil, se tivessem outra alternativa? Sem estudos ou profissionalização, o que restará a essas mulheres senão o mais humilhante dos serviços? Razão dou à feminista Nalu Faria. Para ela, o projeto de Wyllys falseia e distorce a realidade da prostituição, e não passa de um meio de suprir a necessidade da indústria sexual, que utiliza o corpo das mulheres para faturar altos montantes”, criticou, em comentário para a rádio Jovem Pan.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

segunda-feira, 27 de março de 2017

Pastor é assassinado a tiros durante culto em congregação da Assembleia de Deus

Imagem mostra o corpo do pastor assassinado caído próximo à entrada do templo
Um culto na noite do último domingo, 26 de março, terminou com o pastor assassinado a tiros, dentro da igreja. O caso, registrado na cidade de Itaboraí (RJ), repercutiu na imprensa local e a Polícia Civil já investiga um suspeito. O pastor Custódio Gonçalves, 57 anos, era o dirigente da Assembleia de Deus Ministério Apascentando Ovelhas. O templo, localizado no bairro Santo Antonio, em Manilha, estava cheio no momento do crime. De acordo com informações do G1, um homem entrou no templo por volta das 20h30, enquanto o culto acontecia, e efetuou os disparos contra o pastor. A Polícia foi chamada, mas quando chegou, Custódio Gonçalves já estava sem vida. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí assumiu a investigação do caso, mas ainda não sabe o que motivou o crime. Um suspeito foi preso nas primeiras horas dessa segunda-feira, 27 de março, e levado à delegacia para prestar depoimento. A TV Globo noticiou que o delegado responsável não revelou detalhes sobre o depoimento do suspeito. Amigos e familiares do pastor disseram que Custódio Gonçalves trabalhava como Guarda Municipal de Itaboraí, cidade que faz parte da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Nas redes sociais, fiéis da denominação dirigida pelo pastor, assim como amigos e familiares, prestaram homenagens a ele: “Que o Senhor receba o nosso irmão em seu reino e lhe dê paz e o merecido descanso”, escreveu um internauta. “A certeza como cristã que eu tenho que um dia vamos todos se encontrar na cidade santa. Lá sim não haverá mais dor. Sim seremos eternamente felizes. Que Deus conforte o coração de todos e em breve estamos juntos na cidade santa, muito alegres”, afirmou outra usuária do Facebook.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

Réu na Lava-Jato, Lula critica procurador evangélico: “Acha que sentar na Bíblia soluciona tudo”

O ex-presidente Lula, réu em cinco processos na Operação Lava-Jato, desdenhou da fé cristã durante um comício do PT e demonstrou querer provar, nem que seja no grito, sua honestidade. Lula, que deverá depor nos próximos dias ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba (PR), fez críticas ao chefe da força-tarefa que investiga o caso petrolão, procurador Deltan Dallagnol, e menosprezou sua fé evangélica. “Aquele Dallagnol [vem] sugerir que o PT foi criado para ser uma organização criminosa… O que aquele moleque conhece de política? Ele nem sabe como se monta um governo. Não tem a menor noção. Ele acha que sentar em cima da Bíblia dele dá solução para tudo”, afirmou Lula. De acordo com o líder petista, seus investigadores não têm os requisitos necessários para investigá-lo: “Nem o Moro, nem o Dallagnol, nem o delegado da Polícia Federal têm a lisura, a ética e a honestidade que eu tenho nestes 70 anos de vida”, discursou, desafiando a Lava-Jato na sequência: “Eles foram mexer com quem eles não deveriam ter mexido”. Segundo informações de jornais como O Globo e O Estado de S. Paulo, Lula disse que se manterá enfrentando o Ministério Público e a Justiça: “Vou nessa briga até o fim. Não tenho negociata. Eles vão ter que provar”. O comício de Lula, chamado de seminário e com o título “O que a Lava Jato tem feito pelo Brasil”, reuniu reuniu juristas, líderes de movimentos sociais e políticos do PT e de outros partidos que integram a base de apoio de Lula, como o senador Roberto Requião (PMDB-PR). Arrogância Em dezembro, Lula, embriagado, desdenhou a iniciativa de investigação dos desmandos na Petrobras durante um evento social. No discurso improvisado, com um copo de bebida na mão, Lula ironizou os procuradores responsáveis pela Lava-Jato, dizendo que seriam “ungidos por Deus para salvar o mundo” e ainda expressou condescendência com o crime, desde que a transgressão não cause prejuízos imediatos aos empregos dos brasileiros. “[O que não dá] é você ter em Curitiba, sabe, um agrupamento especial de pessoas ungidas por Deus para salvar o mundo. Eles têm noção de quanto a Operação Lava-Jato já causou de prejuízo à economia desse país, ao PIB desse país? Eles têm noção de quanto desemprego já causou?”, questionou.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

sexta-feira, 24 de março de 2017

Sula Miranda: “você não pode fornicar, fazer sexo antes do casamento”

Cantora que já foi considerada a "Rainha dos Caminhoneiros" disse durante entrevista que não faz sexo há 10 anos, porque é cristã e segue os ensinos da Bíblia
A cantora e triz Sula Miranda deu uma entrevista ao apresentador Amaury Jr., do canal Rede TV!, em um evento no Jockey Club de São Paulo, falando entre outras coisas sobre sua fé em Jesus Cristo. Disposta a testemunhar seu compromisso como cristã, Sula Miranda não hesitou em afirmar de forma categórica o que acredita ser a vontade de Deus para as relações sexuais humanas, dizendo que um cristão não pode fazer sexo antes do casamento. Suely Brito de Miranda, mais conhecida como Sula Miranda, ou; a irmã mais nova de Gretchen, também é apresentadora e escritora, mas que ficou conhecida a partir da década de 80 cantando músicas sertanejas. Atualmente com 53 anos, Sula Miranda se tornou uma cristã que, segundo ela, “procura seguir a Bíblia”. Mais reservada, porém, falando de forma descontraída com o apresentador Amaury Jr. ela declarou o seguinte: “Eu sou uma pessoa cristã e procuro obedecer ao que está escrito na Bíblia. Eu professo a minha fé. Na Bíblia, está escrito que você não pode fornicar, fazer sexo antes do casamento”, se referindo à pergunta de Amaury sobre o seu primeiro namoro após a separação do marido, em 2007; “Me casei em 2005 e separei em 2007. Desde então, estive comportada. A Bíblia diz que a gente não deve fornicar antes do casamento”, acrescentou., segundo matéria publicada no portal IG. Para Amaury, a surpresa ficou por conta do namorado de Sula Miranda, ao se adequar às suas exigências e resistir a tentação. “Quero conhecer esse cara! Deve ter um poder de resistência maravilhoso”, disse ele. Sula Miranda, porém, explicou que o namorado pensa da mesma forma que ela e que o namoro está baseado no respeito mútuo; “Ele tem a mesma visão que eu e respeita a minha escolha. A gente está se conhecendo um pouco mais”, disse ela, revelando outro ensino bíblico baseado na cumplicidade do casal, como está escrito: “Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?” (Amós 3:3)
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

Sacrifício de crianças em rituais de bruxaria chama atenção das autoridades

Uma detalhada investigação revela que crianças são sacrificadas em rituais de bruxaria quase todos os meses em Uganda, na África, preocupando autoridades locais
Uma reportagem exclusiva de uma agência internacional de notícias cristãs, trouxe para o debate público uma questão que parece retirada dos filmes de terror. Se trata de uma detalhada investigação que vem sendo feita em Uganda, na África, sobre uma série de casos envolvendo o sacrifício de crianças em rituais de bruxaria. A notícia é de que centenas de crianças ugandesas são seqüestradas e assassinadas, precisamente na região de Kampala. Após denúncias de familiares e o interesse de um pastor evangélico local para ajudar às autoridades na investigação dos casos, descobriu-se que o sacrifício de crianças em rituais de bruxaria tem se tornado um negócio, envolvendo empresários, feitiçaria e muito dinheiro. A CBN News, agência responsável pela matéria, fez parceria com agentes secretos, a Polícia local e o pastor Peter Sewakiryanga, responsável por um ministério que oferece assistência às crianças ungandesas alvos dos bruxos. “Os ‘médicos bruxos’ acreditam que quando você sequestra uma criança, acaba ganhando riquezas e proteção”, disse ele na reportagem. “Quando eles pegam a criança, na maioria das vezes cortam o pescoço, retiram o sangue, fazem cortes na pele, eles cortam os genitais ou quaisquer outros órgãos do corpo que os espíritos pedem”, disse Peter, explicando detalhes dos rituais macabros. Ainda segundo ele, esse tipo de sacrifício ritual acontece quase todos os meses; “O problema está aumentando e muitas crianças são mortas. Há muito poucas que realmente sobrevivem, a maioria delas morrem”, acrescentou.
Uma mãe chamada Kaseggu [foto acima], teve o filho, Clive, de apenas 3 anos sequestrado em 2 de junho de 2015. Ela contou à reportagem que o filho simplesmente desapareceu; “era por volta das 10h da manhã, quando percebemos que ele não estava em nenhum lugar”, disse Kaseggu. Para desespero da mãe, a Polícia informou que seu filho havia sido sacrificado em um ritual de bruxaria. A CBN News estava presente no momento e foi levada até o local onde os restos mortais de Clive foi encontrado, em um banheiro cheio de fezes humanas.
Emmanuel Mafundo, o detetive responsável pelo caso, informou que o principal suspeito era um vizinho de Kaseggu, um um rico empresário que teria pago cerca de US$ 1.400 pelo ritual de bruxaria, onde a morte da criança seria para lhe trazer mais “prosperidade” em um novo empreendimento. Outras atrocidades são cometidas por bruxos de Uganda usando crianças em rituais. Moses Binoga, responsável por uma equipe do Governo que investiga esse tipo de crime, disse a CBN News que alguns cortam a língua da criança para obterem “poderes especiais”; “a língua é usada no ritual. Eles acreditam que isso pode silenciar os inimigos”, disse ele. “Esses feiticeiros vão até às pessoas que querem ficar ricas e dizem a elas que, para alcançarem esse objetivo, precisam sacrificar outro ser humano”, acrescentou Mike Chibita, responsável pela Polícia local, descrito pela matéria como tendo autoridade equivalente à de um Procurador Geral. Por fim, apesar de tamanha monstruosidade e a dor das famílias que tiveram crianças sequestradas, mutiladas ou mortas, alguns conseguem ter em Deus a capacidade de perdoar e oferecer perdão, algo impensável na perspectiva humana, mas possível mediante o poder do Espírito Santo. É o que pensa Rachel Kaseggu, a mãe de Clive, uma das crianças sacrificadas: “Por causa da minha fé em Jesus, acredito em segundas chances, e daria isso a eles, porque não há nada que eu possa fazer para trazer o meu Clive de volta. Minha mensagem para eles é: confessem seus pecados e se convertam ao Senhor. Ele perdoará seus pecados!”, disse ela.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por-http://www.radionovaalianca.net/

quinta-feira, 23 de março de 2017

Thalles pede perdão a evangélicos por declarações infelizes sobre a música gospel: “Falei bobagens”

Thalles pede perdão pela forma como tratou seus colegas cantores no passado. Esse foi o grande assunto dos evangélicos nas redes sociais nesta quinta-feira, 23 de março. Arrependido, o artista mineiro disse que passou por um período de aconselhamento e reflexão, e decidiu se retratar. A polêmica começou em julho de 2015, quando o cantor anunciou que daria mais atenção ao mercado secular, pois no meio gospel só tinha “gente fraca” musicalmente falando, e que cantar nas igrejas era “bater em bêbado”. “Eu sou diferente no meio gospel. Senhor, eu estou acima da média. ‘Você está acima da média porque você está no meio de gente fraca. Quero ver você ficar acima da média lá fora, na frente de Ben Harper, Usher, quero ver você lá fora’”, afirmou o cantor na ocasião, reproduzindo o que teria ouvido de Deus. A repercussão foi ampla, cantores, pastores e principalmente o público repudiaram a postura do cantor, que demonstrava estar com o ego inflado. Desde então, Thalles tornou-se um artista esquecido pelo público, sem agendas. A Igreja Renascer abriu as portas a ele e sua esposa, e desde então, o cantor vinha atuando apenas como pastor na denominação, sem holofotes. Nesta quinta-feira, ele veio a público em uma transmissão ao vivo pelo Facebook, pedindo perdão aos que se ofenderam com suas declarações, e fazendo um mea-culpa, disse que não tentaria justificar seu erro. “Eu não quero me justificar. Eu quero assumir o meu erro diante de todas as pessoas. Assumir o meu erro diante de todos os meus irmãos cantores, às pessoas que eu falei todas aquelas bobagens”, disse. + Confira lista das maiores polêmicas em que o cantor se envolveu nos últimos anos À época, Thalles ensaiou um pedido de desculpas após ser duramente criticado pelo cantor Leonardo Gonçalves, que publicou um artigo sucinto e contundente. No entanto, na ocasião, disse apenas que tratava-se de um mal entendido. Não havia admitido seu erro. “Hoje eu entendo que chegou um tempo muito especial. Um tempo de pedir perdão às pessoas que ficaram magoadas porque, há um tempo atrás, um vídeo foi divulgado na internet de umas declarações que eu fiz. E machucou muita gente”, afirmou Thalles. “Pude falar com Anderson Freire, falei com André Valadão, falei com Fernandinho, falei com a Bruna Karla, eu chamei os meus irmãos e falei, pedi perdão a eles. Pedi perdão a alguns pastores e vou continuar fazendo isso. Mas eu não podia fazer isso sem vir publicamente gravar este vídeo”, acrescentou, demonstrando consciência das consequências. Assista ao vídeo na íntegra com o pedido de perdão de Thalles Roberto:
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por-http://www.radionovaalianca.net/

Seguranças da Universal são suspeitos de assassinarem fiel em megatemplo da igreja

Suspeita de assassinado no estacionamento da Igreja Universal, em São Paulo, ainda não tem solução e familiares seguem inconformados com o caso. Vítima morreu quatro dias após ser agredida brutalmente, segundo ela, por seguranças do templo
Um caso repleto de mistérios tem intrigado investigadores da Polícia Civil paulistana, após seguranças da Igreja Universal do Reino de Deus terem serem suspeitos de assassinarem fiél em um megatemplo da da igreja. O episódio aconteceu no final do ano passado, mas esta semana ganhou um novo capítulo com a transferência do inquérito para o departamento de homicídios. Tudo aconteceu quando um homem chamado Ronaldo Bispo dos Santos, de 48 anos, que segundo os familiares não é membro da Igreja Universal, decidiu procurar sua esposa, Maria do Campo Conceição, no Templo da Fé de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, considerado o terceiro maior templo da capital, com capacidade para 6.000 pessoas. Os dois se desencontraram e Ronaldo se dirigiu para o estacionamento. Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, após tempo aguardando a esposa até o final do culto, Ronaldo pediu a um dos seguranças para ir ao banheiro. Nesse momento, porém, o segurança teria o agredido sem qualquer justificativa, acompanhado depois por mais dois homens, ainda no estacionamento do templo. Socorrido para o hospital e ainda consciente, a vítima deu detalhes aos parentes: “Ele me disse que levou muitos chutes. Chutaram muito a cabeça dele. Ele disse que foram três seguranças, que ainda pediu socorro para dois pastores, mas eles negaram socorro”, disse Rosely de Pádua dos Santos, (68), a mãe de Ronaldo. Ronaldo Bispo dos Santos não resistiu aos ferimentos e morreu quatro dias depois das agressões. A perícia constatou diversos traumas, na cabeça, pulmão e ruptura da alça intestinal. Apesar das suspeitas com base no relato da vítima, os autores do crime ainda não foram identificados. A Polícia alega que a maior dificuldade é a falta de imagens das câmeras de segurança no local da agressão, que segundo a Igreja Universal estavam inoperantes no momento, devido à manutenção. Já foram ouvidas 13 pessoas, entre familiares, membros da equipe de segurança e responsáveis pela administração do templo, mas todos negaram participação no crime.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

quarta-feira, 22 de março de 2017

A crise no seu casamento pode servir para glorificar a Deus, afirma pastor; Entenda

As crises em um casamento não são, necessariamente, sinal de fracasso, e uma união que atravessa turbulências também pode servir de testemunho do amor e poder de Deus. Esse é o ponto de vista do experiente pastor John Piper. Piper exerceu a função pastoral por décadas, e nos últimos anos, vem se dedicando ao ministério Desiring God, em que atua através da internet, com vídeos e artigos, respondendo dúvidas e aconselhando aqueles que acompanham o trabalho. Recentemente, um marido anônimo procurou o pastor e expressou sua angústia por ver a crise de sua união como resultado da maneira como viveu por um longo período de tempo. “Meu casamento sofreu muito porque falhei com a minha esposa de muitas maneiras, em nossos últimos 22 anos de casamento. Eu estava desviado e agora ela é quem está distante de Deus. Minha esposa desistiu de mim e eu não posso culpá-la. Como um casamento como o meu pode glorificar a Cristo?”, questionou. John Piper frisou que a ideia de Deus para a união entre um homem e uma mulher era estabelecer um símbolo de algo maior: “O casamento é projetado por Deus para ser uma parábola, uma peça ou uma imagem do amor entre Cristo e a igreja, que é a noiva de Cristo”, afirmou. “O casamento ser fácil ou difícil não anula o testemunho sobre Cristo e sua igreja. Há muitas tensões entre Cristo e a igreja — e sempre é culpa da igreja, nunca de Cristo. A única coisa que deixa de refletir o relacionamento entre Cristo e sua igreja é quando a aliança da união é rompida, porque a aliança entre Cristo e Sua Igreja nunca é quebrada”, acrescentou. No texto, o pastor John Piper contextualizou sua explicação com as passagens bíblicas de Efésios 5:22-26 e Gênesis 2:24, e frisou que os casamentos turbulentos que superam as dificuldades mantendo a fidelidade expressam uma verdade única sobre a relação entre Cristo e a Igreja. + “Tem algo errado se você é cristão e não tem problemas”, diz pastor John Piper “A nova aliança comprada pelo sangue nunca será quebrada. Nunca. Essa é a grande novidade do novo pacto em relação à antiga aliança. Jesus elevou os padrões de fidelidade no casamento, acima dos padrões da lei do Antigo Testamento”, ponderou. “Se um cristão vê o seu casamento se acabar, ele pode declarar a verdade de Cristo mantendo a aliança, mesmo que o outro parceiro não queira”, comentou o pastor. “O casamento é uma das maneiras pelas quais a verdade de Cristo é mostrada no mundo. Um cristão com um casamento destruído pode até não apresentar uma parábola de amor, mas pode mostrar os valores de Cristo de outras maneiras”, sublinhou Piper. Sobre as diferentes formas que uma união difícil pode glorificar a Deus, o pastor explicou: “Um casamento difícil pode mostrar que o amor de Cristo mantém um pacto e, não só isso, um cônjuge fiel que mantém o pacto pode mostrar a verdade dessa aliança. E se você pensar que tudo o que restou foi o fracasso, saiba que Deus pode transformar as ruínas de seu casamento com Sua glória”.
Fonte- Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

segunda-feira, 20 de março de 2017

Decreto do Presidente Temer promove a ideologia de gênero nas escolas

Como se não bastasse a sociedade lidar com reportagens manipuladoras sobre o tema “transgêneros”, como a do Fantástico, o Presidente Temer assinou um novo decreto que inclui a ideologia de gênero nas escolas, contrariando a decisão do Congresso Nacional em 2014 de retirar o ensino de “gênero” do Plano Nacional de Educação. Conforme o documento, no Artigo 25 (Seção II), a Diretoria de Políticas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania fica responsável por: “Desenvolver programas e ações transversais de educação em direitos humanos e cidadania nos sistemas de ensino que visem ao respeito à diversidade de gênero e orientação sexual, ao enfrentamento da violência, ao desenvolvimento sustentável, à superação das situações de vulnerabilidade social e ao combate a todas as formas de discriminação na escola”. Também segundo a Psicóloga Marisa Lobo, o trecho que inclui “diversidade de gênero”, especificamente, se refere ao ensino da mesma “ideologia de gênero” rejeitada por diversos municípios brasileiros, como relatamos em Ariquemes, com base na decisão do Congresso. A autora enfatiza que não se trata de negar o respeito à diversidade, mas sim de não utilizar o discurso de “respeito” como forma de doutrinar, nas escolas, crianças e adolescentes acerca de uma ideologia que não possui respaldo científico, justamente por ser apenas uma ideologia e, portanto, algo relativo à percepção de cada sujeito.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

Fantástico promove ideologia de gênero com série sobre “trans” e psicóloga rebate reportagens

A Rede Globo continua promovendo a ideologia de gênero, abordando casos de "transgêneros" de forma parcial e manipuladora. Psicóloga Marisa Lobo diz que a emissora deveria ser processada por tratar o assunto de forma desonesta
A TV Globo através do Programa Fantástico segue promovendo a ideologia de gênero na sociedade, relatando casos de “transgêneros” de forma tendenciosa e parcial sobre os fatores que influenciam a orientação sexual humana. Desprezando a complexidade do tema do ponto de vista científico, a matéria aborda de forma doutrinadora e emocionalmente apelativa, um conteúdo que não possui consenso na comunidade acadêmica mundial e já é motivo de extrema preocupação entre os profissionais de saúde. Após a exibição da segunda reportagem no último domingo (19), a Psicóloga cristã e ativista pró-família Marisa Lobo, divulgou uma nota em suas redes sociais, alertando para o perigo de se promover a ideologia de gênero na sociedade e tratar o tema “transgênero” de forma desonesta, sem apresentar “a verdade científica” sobre o que a autora, que já tem publicado dois livros sobre o tema, chama de “transtorno da identidade de gênero”, ou “disforia”: “Como psicóloga, fico assustada com essa promoção da transgeneridade em programas de TVs como algo corriqueiro, pois não é. Falam de preconceito, e esquecem de dizer que a promoção indiscriminada de pessoas transgênero pode levar a um transtorno de identidade de gênero, ou seja a disforia de gênero (CID10-F64). Escondem o fato de que cerca de 82% dos casos não passa de uma confusão psíquica, de um conflito de identidade (menor) e que não se desenvolve para a transgeneridade (disforia)”, escreveu ela. A Psicóloga, especialista em Direitos Humanos, afirma que parece haver “…interesses escusos e ganhos secundários para essa vergonhosa desonestidade intelectual do Fantástico”, devido ao fato de que não há qualquer comprovação científica de que a “transgeneridade” possui causa biológica, mas sim ambiental, vinculada à questões de relacionamento familiar e outros.
A Psicóloga Marisa Lobo é uma das críticas mais ferozes da TV Globo. Para ela, a emissora deveria ser processada por tratar com parcialidade o tema “transgêneros”, influenciando uma compreensão errada da população “Temos que respeitar este transtorno na infância, tratar como tal e não fomentar falsas esperanças de que um dia, se bloquear a puberdade ou fizer cirurgia de significação sexual vai se tornar alguém do sexo oposto. Isso sim é crueldade”, disse ela, citando como fonte científica um instituto reconhecido mundialmente e pioneiro em cirurgias de “mudança de sexo”, que recentemente publicou um artigo reconhecendo os riscos, controvérsias e causas envolvendo o tema “transgêneros”. “Sabemos que segundo o maior instituto que faz cirurgias no mundo, Hopkins, fez recentemente um levantamento assustador, afirmando que cerca de 62% dos transgêneros que fizeram cirurgia tentaram suicídio, por insatisfação com a cirurgia e não por preconceito social. Ou seja, após meses de sofrimento com uma cirurgia agressiva, foram tomados por uma depressão suicida, uma frustração sem fim”, argumenta Marisa, finalizando: “Os pesquisadores por trás do relatório, Lawrence Mayer e Paul McHugh, dizem [que] condicionar crianças a acreditar que elas precisam de uma mudança de sexo para evitar problemas de saúde mental pode não ser útil. Além disso, eles mencionam que as pessoas que se submeteram à cirurgia de reatribuição sexual possuem muito maior risco de problemas de saúde mental, com uma taxa de suicídio 19 vezes maior do que a população em geral. A Globo e todos estes que escondem a verdade científica em nome de um ativismo político ideológico, deveriam ser processados.”.
Fonte- Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

Pastor é assassinado a facadas por membro da própria igreja enquanto orava por ele

Um pastor evangélico foi assassinado com uma facada na porta de sua casa por um frequentador da igreja que dirige, enquanto orava pelo homem, que estava em liberdade condicional. O pastor Herbert Valero, 68 anos, pai de seis filhos, dirigia a igreja Victory Outreach, na cidade de Salinas, Califórnia (EUA), e tinha como marca de seu ministério a atenção a pessoas em situação de risco, com problemas com a Justiça ou em reabilitação. No momento em que foi esfaqueado, o pastor correu para dentro de sua casa, tentando estancar a hemorragia causada pela facada no pescoço. Familiares disseram que viram Silva fugir em uma caminhonete branca enquanto eles acionavam o socorro. Segundo informações do portal The Christian Post, o assassino foi identificado como Servando Ayala Silva, 37 anos. O sargento da Polícia, Christopher Lane, informou que ele foi preso em sua casa, horas depois, após uma ligação dos próprios familiares. “Herbert encontrou uma de suas ovelhas, Servando Ayala Silva, de 37 anos, fora de sua casa. O Pastor Herb disse à sua família que iria orar com Silva. Poucos minutos depois, o pastor entrou em casa tentando estancar o sangue de seu pescoço. Ele afirmou que Silva o tinha esfaqueado”, afirmou o sargento Lane. O motivo do assassinato ainda não foi esclarecido pelos policiais, mas Silva ficará preso, pois cumpria um período de liberdade condicional. O condado de Monterey estabeleceu a fiança em US$ 1 milhão e o homem será julgado por agressão com arma mortal e violação da liberdade condicional. Em uma entrevista concedida antes de sua morte, o pastor Valero disse que dirigia seu ministério com o foco em integrar pessoas marginalizadas: “Desde 1989 tenho tido um propósito único com uma missão clara, de capacitar os indivíduos a assumir o controle de suas vidas, colocando seu futuro nas mãos de Deus”, afirmou. “Eu vi multidões trocarem uma subsistência desesperada por uma nova determinação e confiança na vida, com uma determinação para ajudar os outros”, afirmou. “Deus me enviou aqui para Salinas para estabelecer a Igreja Victory Outreach como um lugar onde marginalizados possam se sentir bem-vindos. Nós somos uma família global com membros em cada continente povoado na Terra”. A liderança do ministério Victory Outreach International lamentou a morte do pastor: “Queremos agradecer à comunidade de Salinas e a todos os seus amigos e familiares pelo derramamento do seu amor e apoio durante este tempo difícil, por favor continuem a orar pela família. Os arranjos funerários estão sendo organizados e serão publicados assim que forem finalizados”.Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

Pastor Everaldo Pereira teria recebido R$ 6 milhões em dinheiro vivo da Odebrecht, em 2014

O pastor Everaldo Dias Pereira, presidente do PSC, estaria envolvido nos esquemas de caixa dois envolvendo a empreiteira Odebrecht, principal construtora do país que está no centro das delações premiadas envolvendo políticos. A aproximação entre o pastor Everaldo e a Odebrecht teria acontecido em 2014, época em que o político assembleiano foi candidato à presidência da República e chegou a figurar entre os cinco primeiros colocados. De acordo com o jornalista Mauricio Lima, da coluna Radar Online na revista Veja, o pastor Everaldo teria ganho a simpatia da Odebrecht por suas propostas de privatizações amplas. Durante a campanha, o então candidato propôs privatizar a maioria das empresas estatais, como a Petrobras, e também os bancos do governo, como Caixa Econômica e Banco do Brasil. Os valores que teriam sido repassados ao pastor Everaldo Pereira em dinheiro vivo chamam atenção: “Além de Dilma e Aécio, outra campanha presidencial recebeu da Odebrecht em 2014. Foi a do Pastor Everaldo, do PSC. A empresa deu 6 milhões de reais em dinheiro vivo para sua candidatura. Por quê? Pela pregação a favor das privatizações, interesse da empreiteira”, informou Lima. A matéria publicada no portal da revista Veja tem característica de revelações de bastidores, e não traz nenhum posicionamento do pastor Everaldo sobre o assunto. A coluna Radar Online, focada em revelações a partir de depoimentos exclusivos, tem como característica publicar também a versão dos envolvidos, quando esses negam as acusações ou justificam os atos noticiados.Fonte- Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

sábado, 18 de março de 2017

Eleições 2018: “João Doria será um ótimo presidente”, afirma pastor Silas Malafaia

As eleições presidenciais de 2018 ainda estão distantes no calendário e podem se transformar em grandes surpresas, dado o atual cenário político no Brasil, em que todos os principais nomes postulantes ao cargo estão envolvidos em algum escândalo de corrupção. A primeira surpresa já surgiu: Malafaia disse acreditar que João Doria (PSDB) seria um bom mandatário. Essa surpresa se explica: o pastor Silas Malafaia vinha tecendo comentários elogiosos ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), enaltecendo a completa ausência de acusações de corrupção contra o político. E do outro lado, Bolsonaro já havia começado articular o apoio do pastor para sua candidatura. Em uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Malafaia disse ver com bons olhos uma eventual candidatura do prefeito paulistano ao Planalto, mesmo que Doria já tenha dito reiteradas vezes que foi eleito para “prefeitar” a maior cidade do país. “Se não descambar, Doria ia fazer um bem danado para o Brasil. Desconfio que ele será um ótimo presidente”, afirmou Malafaia, apostando que se for candidato, o prefeito tem reais chances de ser eleito, já que seu estilo de governo – ou gestão, como Doria prefere dizer – tem chamado atenção de todo o país. A admiração de Malafaia por Doria é recente, mas enfática: em fevereiro o pastor usou o Twitter para explicitar isso: “Doria é um camarada inteligentíssimo, espero que ele não decepcione, tem tudo para, no futuro, alçar voos maiores”, escreveu à época no microblog. + João Doria visita igreja e conta seu testemunho de vida: “Nunca perca a esperança” Sobre a eventual candidatura de Bolsonaro, Malafaia acredita que falta maturidade ao deputado: “Bolsonaro tem a favor a integridade, mas creio que há um caminho a seguir até se estruturar para ser um estadista”, pontuou. As ligações entre Malafaia e Bolsonaro vão além da simpatia que ambos nutrem um pelo outro: em 2013, o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) celebrou o terceiro casamento do deputado com uma fiel de sua denominação, Michelle. 2018 A Folha noticiou ainda que, com o senador Aécio Neves e o governador Geraldo Alckmin implicados, de formas diferentes, na Lava-Jato, há lideranças do PSDB que começam a olhar com simpatia para a possibilidade de lançar Doria candidato à presidência. O jornal afirma que há “correntes que defendem a candidatura do prefeito de São Paulo ao Palácio do Planalto em 2018” por uma razão simples e objetiva: “Dizem que não se trata mais de afinidade, mas de escolher entre a chance de vitória e a certeza de uma derrota”, frisou a Folha.
Fonte-Noticias Gospel Mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

Diamante de 709 quilates e quase R$ 200 milhões é encontrado por pastor humilde na África

Um diamante de 709 quilates e preço estimado em torno de R$ 192 milhões foi encontrado por um pastor evangélico que trabalha como garimpeiro, em Serra Leoa, país da África Ocidental. A descoberta aconteceu na região de Kono e o diamante, bruto, foi levado para as autoridades federais e agora está guardada no Banco Central de Serra Leoa, como forma de mantê-lo seguro, já que existe uma verdadeira indústria de exploração mineral no país e a possibilidade de um ataque coordenado para roubar a pedra é alta. O pastor que encontrou a pedra chama-se Emmanuel Momoh, e deverá ser recompensado por sua descoberta, já que o diamante está entre os 20 maiores já encontrados no mundo todo. Em Serra Leoa, essa é a maior pedra encontrada desde 1972, ano em que o diamante Estrela de Serra Leoa, pesando 969 quilates, foi encontrado. Em uma nota oficial, o presidente de Serra Leoa, Ernest Bai Koroma, agradeceu “ao chefe local e seu povo por não contrabandearem o diamante para fora do país”, acrescentando que os proprietários da pedra – o pastor e seus parceiros de exploração – devem receber “o que é devido a eles”, já que a descoberta deve “beneficiar o país como um todo”. O jornal O Globo destacou que o valor da pedra encontrada pelo pastor Momoh ainda não foi estabelecido oficialmente. No entanto, o jornal britânico Daily Mail ouviu especialistas que estimaram um valor de £ 50 milhões, cerca de R$ 192 milhões de reais, de acordo com a cotação da libra esterlina na última sexta-feira, 17 de março. O país africano é conhecido por sua indústria de diamantes, e tem uma história conturbada no século passado, com uma guerra civil de uma década de duração motivada pela exploração. Os grupos rebeldes trocavam pedras por armas como forma de combater os rivais. Mesmo assim, a mineração artesanal e eventual é usual em áreas ricas em diamante de Serra Leoa.
Fonte-noticias gospel mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

sexta-feira, 17 de março de 2017

Ativista gay prega ódio contra Malafaia e revolta cristãos

Muitos criticaram a atitude do rapaz, pois com isso ele apregoa ódio ao líder evangélico.

O vídeo do ativista gay conhecido das redes sociais como Romagaga gerou polêmica após ele queimar uma foto do pastor assembleiano. Muitos criticaram a atitude do rapaz, pois com isso ele apregoa ódio ao líder evangélico. “Isso aqui é um falso profeta…Isso aqui é o próprio Satanás! Esse homem aqui ó…esse cão“, diz ele em parte do vídeo. Centenas de comentários foram feitos no vídeo postado pelo ativista, muitos destes chamando o atenção para o erro de que ele mesmo estaria incitando o ódio com uma cena desta. Assista parte do vídeo onde ele fala do pastor Silas:
Fonte-gospel geral/Por-http://www.radionovaalianca.net/

quarta-feira, 15 de março de 2017

Por falta de padres, papa Francisco considera ordenar homens casados para o sacerdócio

Pontífice quer suprir a falta de padres católicos em regiões remotas do mundo, autorizando a ordenação de homens casados para o sacerdócio em nome da Igreja Católia
O novo destaque envolvendo o papa Francisco foram suas declarações em uma entrevista concedida ao jornal alemão Die Zeit, na última quinta feira (9). Para o pontífice argentino, que sofre críticas de segmentos da própria religião, a Igreja Católica deveria passar a considerar ordenar homens casados para o sacerdócio, mais especificamente, os “viri probati”. A intenção, todavia, não seria extinguir por completo a tradição do celibato dos padres, mas considerar digno de exercer algumas funções vinculadas ao sacerdócio, homens considerados de “fé comprovada”, com capacidade para tal ofício, chamados “viri probati”. A medida, segundo informações do Estadão, seria para suprir a falta de padres na Igreja Católica, especificamente em regiões distantes. “Também devemos determinar quais seriam suas funções, por exemplo, em localidades remotas”, disse Francisco na entrevista, sugerindo que tal medida decorre de uma crise espiritual a Igreja Católica atravessa. “Na vida humana acontece assim. O crescimento biológico sempre é uma crise, não? A crise de uma criança que se torna adulta. Com a fé é o mesmo. A crise faz parte da vida de fé. Uma fé que não entra em crise para crescer, permanece infantil”, disse ele. O papa Francisco que foi recentemente criticado publicamente em uma manifestação pelas ruas de Roma, com cartazes contra algumas de suas medidas consideradas muito liberais, pode iniciar outra onda de insatisfação após sugerir a ordenação de homens casados para o sacerdócio, muito embora o tema já tenha sido discutido por outros Papas, como Bento XVI. A expectativa, no entanto, é que sua intenção encontre apoio no Vaticano, como do amigo pessoal e cardeal dom Claudio Hummes, que ainda segundo a matéria alemã já vinha pressionando a cúria romana para autorizar a ordenação dos “viri probati” em regiões como no Amazonas, onde a Igreja Católica possui apenas um padre para cada 10 mil católicos.Fonte- noticias gospel mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

Voluntária cristã é assassinada enquanto ensinava idoso a ler e escrever com textos bíblicos

Uma voluntária cristã que oferecia aulas de alfabetização e estudos bíblicos a um idoso foi encontrada morta, seminua, amarrada a uma cama. O crime foi registrado na zona rural da cidade de São José do Rio Preto, interior paulista. Simone Moura Facini Lopes, 31 anos, foi encontrada no último domingo, 12 de março, por um dos lavradores que vivem na residência, de acordo com informações dos investigadores. O homem chamou a Polícia assim que chegou ao local e encontrou o corpo. Em depoimento, o lavrador afirmou que mora no local com outro homem, de 64 anos, que está desaparecido e já desponta como o principal suspeito do crime, pois Simone ia ao local para ensiná-lo a ler e escrever, usando textos bíblicos. A Polícia Científica realizou uma perícia no local e encontrou uma marrreta com vestígios de sangue, de acordo com informações publicadas pelo G1. Não há informações sobre violência sexual contra a voluntária, que era membro da Igreja Adventista. O enterro foi realizado na última terça-feira, 14 de março, no cemitério São João Batista, na mesma cidade. Além de amigos e familiares, pastores da Igreja Adventista participaram do velório e sepultamento. Uma nota oficial da denominação expressou pesar pelo acontecido e exaltou o trabalho voluntário de Simone: “A comunidade da Igreja está profundamente abalada com a morte da jovem Simone M. F. Lopes. Apesar de a Igreja local não manter oficialmente qualquer programa ou ministério de alfabetização de adultos, reconhece o bem praticado em todas as suas formas em favor dos menos favorecidos. Vê bondade no empenho de Simone em, voluntária e individualmente, auxiliar alguém na sua alfabetização”. “A comunidade da igreja e sua liderança estão prestando apoio emocional e espiritual à família enlutada. A igreja colaborará com as autoridades naquilo que lhe for solicitado”, acrescentou o comunicado. A coordenadora do projeto social do qual Simone era voluntária, Amanda Caseroti Floresta, comentou que a vítima era uma professora dedicada e prestativa: “Ela sempre se propôs a fazer atividades que nem eram próprias da função. Ela sempre ajudou em muita coisa, sempre por iniciativa própria. Era uma pessoa muito boa e amorosa, sorridente e fazendo o seu melhor. Ficamos muito chocados e ainda é difícil acreditar o que aconteceu”, lamentou.Fonte-noticias gospel mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

sábado, 11 de março de 2017

Estado Islâmico forma aliança maligna com Al-Qaeda no propósito de perseguir e matar cristãos

Terroristas do Estado Islâmico e da Al-Qaeda estão formando aliança no sul do Líbano para realizar novos ataques, e infiltrar terroristas na Europa através de imigrantes que buscam refúgio em outros países
Após a derrota e consequente perca de territórios no Iraque, o Estado Islâmico e a Al-Qaeda, as duas maiores organizações terroristas islâmicas do mundo, estão formando uma aliança maligna no propósito de perseguir e matar cristãos através de novos ataques terroristas, a partir de um reagrupamento estratégico que tem acontecido no sul da Líbia, segundo informações divulgadas pelo Ministro da Defesa do país. Mokhtar Belmokhtar (capa), apontado como principal mentor da aliança e considerado um dos homens mais procurados do mundo, gravou um vídeo recentemente, falando de um local não revelado, que segundo a agência Mauritânia ANI, revela a articulação entre os dois grupos terroristas, Estado Islâmico e a Al-Qaeda, que já tem reunido cerca de 700 terroristas nos vales e áreas desérticas ao sul da cidade de Bani Walid, como informa um relatório de inteligência militar da Líbia. “O EI e a Al-Qaeda nunca se atacaram aqui e agora temos provas de que estão cooperando ativamente. A Al-Qaeda está fornecendo logística e apoio para ajudar o EI a reagrupar e lançar ataques”, disse Mahdi Barghathi, o Ministro da Defesa do governo líbio, apoiado pela ONU. O líder terrorista da Al-Qaeda, Belmokhtar, responsável pelo ataque a uma usina de gás argelino em 2013 que deixou 37 mortos, chegou a ser considerado morto em 2016, mas com a divulgação do último vídeo em que ele aparece e o fato de não terem encontrado seu corpo na época, as autoridades líbias acreditam que ele não apenas continua vivo, como tem sido o principal responsável pela articulação entre as duas organizações. “Com base em nossa inteligência, acredito que ele está vivo e que está guiando a força por trás da reforma das operações terroristas do Estado Islâmico e a Al Qaeda”, disse Barghathi em uma publicação da agência Telegraph. Terroristas disfarçados de imigrantes Ainda segundo o relatório de inteligência militar do governo, obtido pela agência de notícias, os terroristas estariam financiando a imigração ilegal para a Europa, através de pequenos grupos de 20 homens, que utilizam tubulações de irrigação subterrâneas para chegarem ao destino; “eles fecham a água para que possam acessar os canais de irrigação e até mesmo conduzir veículos através deles”, disse uma fonte informada pela matéria. O Estado Islâmico e a Al-Qaeda se aproveitam da falta de controle para infiltrar terroristas entre os imigrantes: “O Estado Islâmico se move em pequenos grupos, usando estradas secundárias, como as estradas do rio, porque muitas pessoas não usam essas estradas e não há controles de segurança.”, acrescentou Wahid al-Zawi, porta-voz do exército no leste da Líbia.Fonte- noticias gospel mais/ Por- http://www.radionovaalianca.net/

Para aprovar “casamento gay”, Senado retira “homem e mulher” da lei e coloca “duas pessoas”

Por 17 votos a zero, nova lei altera a definição de casamento entre "homem" e "mulher", para ser entre "duas pessoas", reconhecendo a união estável homossexual. Medida preocupa lideranças religiosas
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou na última quarta feira algo histórico no Brasil, especialmente para a comunidade LGBT. Por 17 votos a zero, sendo um de abstenção, foi a provado o projeto de lei 612/2011, alterando, assim, o artigo 1.723 da Lei nº 10.406/02 (Código Civil) brasileiro, que até então só reconhecia como entidade familiar, a união formada entre um “homem e a mulher”. Segundo informações publicadas no Senado Federal, com a alteração, a nova lei reconhece a união estável entre “duas pessoas”, deixando de especificar, portanto, as diferenças sexuais do homem (macho) e da mulher (fêmea) como necessárias para a formação familiar. A grande ênfase da mudança, porém, está na possibilidade de que a partir disso, a união estável se converta em “casamento”, pois, apesar de alguns cartórios já fazerem o registro de casamento entre pessoas do mesmo sexo, formalmente a lei só reconhecia como entes legais o “homem” e a “mulher”. Dessa forma, o texto apresentado pela Senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) e aceito com voto favorável pelo relator Roberto Requião (PMDB-PR), agora determina também que a união estável “poderá converter-se em casamento, mediante requerimento formulado dos companheiros ao oficial do Registro Civil, no qual declarem que não têm impedimentos para casar e indiquem o regime de bens que passam a adotar, dispensada a celebração”. Preocupação de líderes religiosos com o “casamento gay” Legalmente, a união de pessoas do mesmo sexo, podendo se converter em casamento, tem o reconhecimento civil, apenas, não tendo nenhuma relação com a esfera religiosa. Dessa forma, pastores e padres, por exemplo, são isentos desse reconhecimento. Esse é um dos argumentos defendidos por “cristãos liberais”, que dizem ser a aprovação da união gay apenas uma questão de direitos civis. Todavia, além dos aspectos éticos/morais e científicos que se desdobram em decorrência do reconhecimento oficial da união entre pessoas do mesmo sexo, existe a preocupação de líderes religiosos quanto a possibilidade de que ativistas do movimento LGBT utilizem a lei como forma de pressionar e/ou intimidar cristãos, em especial, pastores e padres, para celebrarem ou prestarem serviços a cerimônias de casamento gay. Foi o que aconteceu, por exemplo, em um relato que fizemos em 2009, com a Associação Cristã Metodista, em Nova Jersey, Estados Unidos, quando os homossexuais Harriet Bernstein e Luisa Paster, processaram a igreja por não alugar o espaço para celebração do casamento. A igreja alegou que isso iria de encontro a sua doutrina, mas o juiz Frank Vespa-Papaleo, considerado um militante político do movimento LGBT, decidiu que a associação violou as leis antidiscriminatórias de Nova Jersey, condenando a instituição judicialmente. Outro caso, mais recente, também publicado aqui, foi o da florista cristã de 72 anos, Barronelle Stutzman, que após se negar a fazer a decoração de uma cerimônia de casamento gay, por dizer que isso iria de encontro à sua fé, e consciência, foi processada pelos homossexuais Rob Ingersoll e Curt Freed, sob o mesmo argumento de “discriminação”. Por fim, a lei 612/2011 seguirá para análise da Câmara dos Deputados, podendo ainda sofrer recurso de algum Senador. Fonte-noticias gospel mais/ Por-http://www.radionovaalianca.net/

sexta-feira, 10 de março de 2017

Pastor morre ao tentar imitar Jesus fazendo jejum de 40 dias

Pastor morre ao tentar imitar Jesus fazendo jejum de 40 dias
O caso aconteceu na África do Sul. Se tivesse conseguido, Alfred Ndlovu, seria o primeiro Pastor sul africano a conseguir fazer um jejum seco de 40 dias (sem água nem comida) pois a intenção era quebrar o reconde de Jesus Cristo. Infeizmente o pastor, acabou morrendo de desnutrição após um jejum seco que durou 30 dias. O seu corpo foi achado no deserto por um desconhecido que informou aos amigos da família, bem como a polícia. Assim como conta a história bíblica sobre Jesus, que ele jejuou durante 40 dia, o pastor de 44 anos de idade deixou todos os seus bens para trás em busca de um encontro espiritual com Deus e decidiu começar um jejum fervoroso como parte de uma rotina espiritual. Fonte- conhecimentos da biblia / Por-http://www.radionovaalianca.net/

Debate sobre Ideologia de Gênero “pega fogo” em sessão do Escola sem Partido

A ideologia de gênero voltou a ser debatida esta semana, em uma comissão de avaliação do projeto Escola Sem Partido, com a presença do Prefeito de Ariquemes, Thiago Flores. Os parlamentares discutiram a retirada do tema no Plano Nacional de Educação
Durante uma audiência da comissão especial que discutiu o projeto Escola sem Partido – PL 7180/14 -, na última terça-feira (7), o debate sobre ideologia de gênero pegou fogo entre os parlamentares. Criticada pelos defensores do projeto como uma das principais formas de doutrinação nas escolas, quem também fez questão de marcar sua posição contrária ao ensino da ideologia de gênero aos alunos foi o Prefeito de Ariquemes (RO), Thiago Flores. Noticiamos que recentemente, após proibir a utilização de livros didáticos que tratam da ideologia de gênero nas escolas de Ariquemes, o Prefeito Thiago e alguns Vereadores foram processados pelo Ministério Público Federal, por suposta “improbidade administrativa”, apesar dos mesmos terem apenas cumprido o que foi determinado pelo Congresso em junho de 2014, ao votar pela rejeição da ideologia de gênero no Plano Nacional de Educação. Flores, então, aproveitou a ocasião para manifestar sua posição com base numa consulta pública feita aos moradores de Ariquemes, assim como pela decisão do Congresso, uma vez que o projeto Escola sem Partido tem como um dos objetivos denunciar casos de abusos, onde professores ou agentes públicos tentam impôr suas ideologias aos munícipes e alunos, tendo como exemplo a ideologia de gênero: “Quando fizemos consulta pública, a grande maioria da população de Ariquemes optou por não tratar desse tema no material didático, especialmente dirigido para crianças de cinco ou seis anos de idade. Essa era a opinião majoritária, mas não eram essas as expressões manifestadas pelas nossas instituições: Ministério Público, OAB e alguma outra entidade de classe”, disse o Prefeito Thiago Flores. Outros deputados seguiram na mesma linha de raciocínio do Prefeito Flores, afirmando que o Congresso já havia retirado qualquer referência à ideologia de gênero do Plano Nacional de Educação, o que justificaria a decisão da prefeitura de Ariquemes. Uma questão de preconceito ou de ideologia? Para o coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, por outro lado, a questão de gênero é um assunto que deve ser abordado nas salas como forma de lidar com o preconceito. O coordenador, ao que parece, tentou dar outro significado a decisão do Congresso para sustentar a sua opinião: “O Plano Nacional de Educação eliminou as especificidades das formas de discriminação, porém, ele coloca o combate a todas as formas de discriminação. Isso não significa que houve uma vitória favorável ou contrária em relação à ideologia de gênero”, argumentou. Já para o presidente da Comissão Especial, Marcos Rogério (DEM-RO), a questão deve ser analisada sob a perspectiva do “mais frágil”, no caso, as crianças, enfatizando que o objetivo da escola não é servir de espaço para disputas ideológicas, políticas, de qualquer segmento social ou movimento, como o LGBT. Seu argumento corrobora com a opinião de quem apoia o Escola sem Partido, por acreditar que crianças não possuem a bagagem de conhecimento necessário para conseguir se posicionar, de forma crítica, diante de temas que não possuem o consenso da comunidade científica, muito menos do senso comum. “O que está em jogo são os direitos dos pais e dos alunos e não os direitos da comunidade LGBT. Também é preciso consignar que, quando há conflitos, é deve-se escolher a proteção do mais vulnerável, e eu não tenho dúvidas, nesse caso, de que se trata das crianças.”, argumentou o Dep. Rogério. Fonte- noticias gospel mais / Por- http://www.radionovaalianca.net/

terça-feira, 7 de março de 2017

Papa Francisco: “Leiam a Bíblia com a mesma intensidade com que usam seus celulares”

O papa Francisco continua em sua luta para fazer os cristãos mudarem a forma de ser e pensar e se aproximarem do que Jesus pregou. No último domingo, ele pediu que os fiéis lessem a Bíblia com o mesmo empenho com que acessam as redes sociais. Recentemente, Francisco já havia dito que os cristãos precisam fazer jus à fé que professam, abandonando a hipocrisia e agindo da forma que as Escrituras ensinam para não escandalizar os demais. No sermão do último domingo, Francisco destacou que os fiéis, muitas vezes, se dedicam aos seus celulares da forma como deveria se dedicar à leitura da Bíblia Sagrada. A pregação aconteceu na Praça de São Pedro, debaixo de chuva. “O que aconteceria se tratássemos a Bíblia como fazemos com nossos celulares? Se nós voltássemos para recuperá-la quando a esquecêssemos? Se a carregássemos conosco sempre, mesmo em uma pequena versão de bolso? Se lêssemos as mensagens de Deus na Bíblia como lemos mensagens em nossos celulares?”, questionou o papa, que mesmo tendo 80 anos, não se intimidou com a forte chuva. De acordo com informações da agência internacional de informações Reuters, o pontífice destacou que tinha consciência de que sua comparação não era muito comum de ser feita, mas que o raciocínio “paradoxal” não tinha objetivo que não causar uma forte reflexão nos fiéis, pois a leitura da Bíblia ajuda as pessoas a resistirem às tentações diárias. Fonte-noticias gospel mais/ Por- http://www.radionovaalianca.net/

Feminismo quer roubar os créditos do Evangelho na defesa da igualdade, alerta escritora cristã

O feminismo no século XXI tomou contornos de intolerância, agressividade e até desonestidade intelectual, promovendo excessos como a ideia de que todo homem é um estuprador em potencial por causa de sua genitália. Mas, para uma escritora cristã, a cilada maior desse movimento é mantida em sigilo. Rebekah Merkle produziu um artigo recentemente e chamou atenção para o “trabalho sorrateiro nos bastidores” do feminismo, que tem como propósito, tomar para si a autoria de valores e princípios que são defendidos há milênios pelo Evangelho. O artigo, publicado no portal Desiring God, destaca logo no início que os efeitos reais do feminismo na sociedade são a degradação social e uma espécie de apartheid de gênero: “O movimento feminista tem muitas formas. Além da carnificina do aborto, eu suspeito que a realização mais infeliz é de a destruir ideia de alcançar a excelência como uma mulher”, afirmou. Rebekah Merkle frisa que, a princípio, soa estranho que ela, uma mulher, se oponha ao feminismo, pois o discurso do movimento é a conquista de “direitos” para suas iguais. “Se você perguntar às pessoas comuns sobre os objetivos da causa feminista, eles vão dizer-lhe que estão relacionados à igualdade de direitos entre homens e mulheres, à garantia de que não sejam tratadas como inferiores ou cidadãs de segunda classe. É claro que se você colocar o feminismo dessa forma, nenhuma pessoa em sã [consciência] discordaria, certo? Mas há realmente um trabalho sorrateiro nos ‘bastidores’ disso tudo”, alertou. De acordo com a escritora, a principal evidência de que o feminismo age com desonestidade é adotar um discurso de defesa da igualdade da mulher, sem fazer referência às origens desse conceito, que é o Evangelho, haja visto que outras religiões – como judaísmo e islamismo – o papel da mulher é diminuído e, no caso específico dos fiéis muçulmanos, é tratada com desrespeito e violência. “A ideia de que as mulheres têm direitos iguais aos dos homens não é um conceito feminista… É uma ideia cristã. O apóstolo Paulo já havia dito isso muito antes de Elizabeth Cady Stanton ou Gloria Steinem – ícones do feminismo internacional – quando ele nos ensinou que em Cristo não há diferenças de direitos entre judeus e grego, escravos ou livres, homens ou mulheres. E ele disse isso há quase dois mil anos, antes das ativistas de direitos das mulheres surgirem com suas bandeiras”, afirmou a escritora, em referência a Gálatas 3:28. Criticando a desonestidade intelectual do movimento – e a alienação que ele causa -, Rebekah Merkle frisou que a ideia de que o cristianismo oprime as mulheres é falsa, e deve ser combatida por todos os cristãos, uma vez que na prática, o Evangelho transforma pessoas, resgatando o que tem de melhor nelas. “As feministas tentam roubar créditos sobre uma causa que é fruto do Evangelho, promovendo sua ideologia na cultura como fermento na massa de um pão. Precisamos parar de deixar as feministas agirem como se de alguma forma estivessem conquistando avanços pelos nossos direitos. As sociedades não convertidas nunca trataram bem as mulheres, e isso é extraordinariamente fácil de documentar. Mulheres sendo tratadas com respeito é um fruto que cresce em um tipo de árvore e essa árvore é a mensagem cruz”, conceituou. “É claro que os cristãos acreditam que as mulheres têm direitos iguais aos homens. Esta crença não é um compromisso exclusivo das feministas ou algo que aprendemos com as feministas. Ela é realmente um dos nossos diferenciais. Nós temos diversos versículos na Bíblia que já nos comprovam essa convicção”, acrescentou, concluindo seu raciocínio. Fonte- noticias gospel mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

A Chapa Esquentou Boicote de Malafaia a filme da Disney vira bate-boca do pastor com o youtuber Felipe Neto

O youtuber Felipe Neto reagiu ao boicote promovido pelo pastor Silas Malafaia contra a Disney e anunciou que fará uma campanha gratuita para a empresa em seu canal, como forma de combater as iniciativas do líder evangélico. O resultado: um bate-boca entre os dois no Twitter. A polêmica entre Felipe Neto – que já se indispôs com o pastor Marco Feliciano – e Silas Malafaia começou com o youtuber garantindo que o pastor tem uma “mente ultrapassada” por ter uma opinião firme contra a militância homossexual e a influência cultural desse movimento. “Ele acha que consegue mudar tudo. Então, eu tenho primeiro de tudo um recado para você, Silas: a sua força não é mais a mesma. A razão de eu estar fazendo esse vídeo é porque essa força ainda existe, embora seja muito menor do que era algum tempo atrás. Você próprio conseguiu destruir sua força de influência com os escândalos que você está envolvido”, afirmou Felipe Neto. O youtuber – que costuma defender liberdade de expressão – zombou da postura e opiniões do pastor: “Você parece um senhor de idade que fica esperneando que nem um garotinho de nove anos toda vez que alguém faz alguma coisa que você não gosta”. Por fim, no vídeo de ataque a Malafaia, Felipe Neto garantiu que de agora em diante fará publicidade para todas as empresas que fizerem anúncios que irritarem o pastor, como forma de combater sua influência entre os evangélicos. “Para acabar de vez com essa sua palhaçada, eu vou fazer o seguinte: a partir de hoje, todas as empresas que Silas Malafaia promover boicote usando seus fiéis, eu vou fazer campanha de graça. É exatamente isso. Empresas de todo o Brasil, quer (sic) ganhar publicidade gratuita no meu canal? Irrite Silas Malafaia. Se você fizer que ele organize um boicote à sua marca, eu farei campanha gratuita”, disse. Felipe Neto expressou uma dose extra de autoconfiança ao final: “O que você acha que vale mais? Silas Malafaia mandando seus fiéis não comprarem, ou eu, com quase 10 milhões de inscritos aqui no canal falando para todo mundo comprar o seu produto?”, questionou. Seguir Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia Essa é a sociedade podre, sem Deus.Estou em defesa das crianças e do direito constitucional dos pais educarem os filhos.Onde nós chegamos. 20: 28 - 2 mar 2017 85 85 Retweets 453 453 favoritos Confira o vídeo (cuidado com os palavrões): A resposta Seguir Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia É ISSO AÍ! Critiquem bastante, espalhem bem a notícia da campanha contra a Disney.As pessoas de bom senso percebem a verdade.Continuem kkkkk 10: 58 - 3 mar 2017 42 42 Retweets 275 275 favoritos Malafaia, que não costuma fugir de embates, anunciou que irá processar todas as pessoas com influência nas redes sociais que o difamarem, e acusou seus adversários ideológicos de incompetência: “Como muitos não têm argumentos para me contradizer, o jeito é xingar, difamar e caluniar. ARMA DOS INCOMPETENTES É ESSA”. “MUITO,MUITO OBRIGADO! O ataque que recebi dos gays por ter condenado a Disney. Essa é a prova que estamos no caminho certo. VALEU! VALEU MUITO!”, escreveu o pastor, acrescentando que “ser enxovalhado por defender os valores da família e de crianças e adolescentes, é uma honra. Ser ridicularizado por devassos é um prazer”. Em resposta direta a Felipe Neto, o pastor afirmou que irá processá-lo por causa da acusação de ter ficado milionário tomando dinheiro dos fiéis: “É uma honra ser caluniado por um INESCRUPULOSO como você. Vou lhe dar a chance, na justiça, para você provar o que falou […] Não adianta retirar o vídeo , já está gravado. Difamar, caluniar são armas dos incompetentes que não sabem discutir ideias”. Seguir Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia FELIPE NETO, já está arregando ? O processo nem começou e você é réu confesso ao dizer q vai perder dinheiro na justiça para mim.SE PREPARE! 21: 36 - 4 mar 2017 451 451 Retweets 1.336 1.336 favoritos Seguir Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia OBRIGADO! OBRIGADO! OBRIGADO! Pela ampla divulgação da nossa posição contra a Disney.Os amigos nos fazem bem, os inimigos nos promovem kkkkk 13: 53 - 3 mar 2017 46 46 Retweets 261 261 favoritos Mais tarde, o pastor voltou a reforçar a promessa de processo: FELIPE NETO, não faço ameaça, cumpro o que digo. Já teve gente grande que pediu acordo falando as mesmas asneiras e calúnias que as suas. AGUARDE!”, afirmou Malafaia, numa referência indireta ao processo movido por ele contra o jornalista Ricardo Boechat, da rádio Band News FM. Nando Moura Por fim, Malafaia mencionou um vídeo de outro youtuber, Nando Moura, para reforçar o argumento de que ele pode marcar posição pelo que acredita: “Tem gente coerente, ñ é evangélico, mas é sensato. Nando Moura lava a cara sobre liberdade de expressão. Aprende Felipe Neto!”, escreveu. Seguir Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia Tem gente coerente, ñ é evangélico, mas é sensato.Nando Moura lava a cara sobre liberdade de expressão.Aprende Felipe Neto! 17: 59 - 5 mar 2017 123 123 Retweets 746 746 favoritos Nando Moura é um músico cristão católico que usa seu canal no YouTube para expor o pensamento conservador e combater boa parte das ideias promovidas por adeptos do “progressismo”, como Felipe Neto, por exemplo. No vídeo, Moura revela que Neto o está processando por não aceitar ser criticado e que essa postura mostra incoerência de sua parte, uma vez que ele faz críticas a Malafaia e se queixa do processo que o pastor moverá. Assista no vídeo abaixo (cuidado com os palavrões): Silas Malafaia ✔ @PastorMalafaia Deus ñ me chamou para ser covarde e temer inescrupulosos.Exponho minhas convicções sem me preocupar se estou agradando ou ñ.VERDADE PURA! 17: 50 - 3 mar 2017 Fonte- noticias gospel mais / Por- http://www.radionovaalianca.net/

sábado, 4 de março de 2017

A Bela e a Fera: donos de cinema reagem a personagem gay e cancelam exibição do filme da Disney

Não é apenas o pastor Silas Malafaia que está disposto a boicotar a Disney por causa de suas recentes manifestações pró-homossexualidade: os donos de um cinema, nos Estados Unidos, cancelaram a exibição do filme A Bela e a Fera. Tão logo foi revelado que o remake do clássico de conto de fadas teria um personagem homossexual, os proprietários do cinema Henagar Drive-In, no Alabama (EUA), decidiram que não poriam em cartaz um filme que ofende os princípios morais da família tradicional e bíblicos. “Para quem não sabe, A Bela e a Fera está ‘estreando’ seu primeiro personagem homossexual. O produtor também afirmou que o final do filme terá uma ‘surpresa’ para os casais do mesmo sexo. Se não pudermos levar nossa neta de 11 anos e nosso neto de 8 para assistir a um filme, não temos interesse em vê-lo. Se não pudermos assistir a um filme com Deus ou Jesus sentados ao nosso lado, não temos interesse em exibi-lo”, afirmaram os proprietários. A nota divulgada pela empresa, há a consciência de que tal decisão será fonte de polêmica: “Eu sei que algumas pessoas não vão concordar com essa decisão. Tudo bem… Nós continuaremos exibindo filmes familiares, então sinta-se à vontade para assistir a vários deles sem se preocupar com cenas de sexo, nudez, homossexualidade e linguagem chula”, frisaram. O filme entra em cartaz nos cinemas brasileiros no próximo dia 16 de março, de acordo com informações do site Omelete. A polêmica A confusão começou quando, semanas atrás, a Disney exibiu um episódio do desenho infantil Star vs. As Forças do Mal, com dois casais homossexuais se beijando em uma festa. Em seguida, o diretor de A Bela e a Fera, Bill Condon (saga Crepúsculo), afirmou que o filme teria um personagem gay, durante uma entrevista à revista Attitude. Esse personagem será o criado do protagonista: “LeFou é alguém que um dia quer ser Gastón e no outro quer beijar Gastón. Ele está confuso sobre seus desejos. É alguém que está descobrindo seus sentimentos. [O ator] Josh fez algo bem sutil e delicioso e isso é o que faz valer no final, que eu não quero revelar. Mas é um momento bacana, exclusivamente gay num filme da Disney”, frisou. Desde então, os protestos contra a empresa se acumulam, assim como as manifestações de elogio por parte dos ativistas gays. No Brasil, o pastor Silas Malafaia liderou um boicote à empresa, por considerar que a tentativa de doutrinação sexual de uma criança é “a coisa mais asquerosa, nojenta” que existe. Fonte- noticia gospel mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

sexta-feira, 3 de março de 2017

“Fujam ou morram”, decretou o Estado Islâmico contra cristãos no Egito

Filial do Estado Islâmico no Egito manda aviso aos cristãos para que eles "fujam ou morram". 40 cristãos já foram assassinados em apenas três meses, mas autoridades não estão tomando as devidas providências contra a perseguição religiosa no local, denuncia Bispo
A perseguição religiosa do Estado Islâmico no Egito contra os cristãos coptas tem se intensificado. Ao menos 40 cristãos já foram mortos nós últimos três meses por radicais islâmicos, ao se recusarem a negar Jesus Cristo como Senhor. Segundo informações do The Christian Post, os que ainda permanecem no local receberam aviso para “fugir ou morrer”. O bispo geral da Igreja Ortodoxa Copta, no Reino Unido, Anba Angaelos, emitiu um comunicado alertando sobre a escalada de violência contra os cristãos na região do Egito nas últimas semanas, após uma onda de assassinatos de cristãos atribuídos a uma filial do Estado Islâmico, localizada na Península do Sinai . “Eu tenho elaborado e reformulado esta afirmação inúmeras vezes ao longo das últimas semanas, querendo dizer alguma coisa sobre os ataques mortais contra cristãos coptas no Egito em uma frequência diária. No entanto, cada vez que eu alerto, parece haver muito mais ataques terríveis que precisam ser tratados. Apenas nos últimos três meses 40 cristãos coptas foram assassinados em ataques direcionados no Egito.”, disse Angaelos. Apesar da onda de violência contra os cristãos em todo mundo, resultando em mais de 900 mil mortes nos últimos dez anos, conforme levantamento do Instituto de pesquisa do Seminário Teológico Gordon-Conwell, no ano passado, as autoridades mundiais parecem não dar a devida atenção ao verdadeiro genocídio de cristãos patrocinado, principalmente, pelo islamismo radical, o que é motivo de frustração para o bispo Angaelos. “Desde o atentado [em 11 de dezembro ] terrorista contra a Igreja Copta de São Pedro, no Cairo, que matou 29 mulheres e crianças principalmente, aos assassinatos de indivíduos em todo o país, desde então, o único denominador comum é que essas crianças inocentes, mulheres e os homens tiveram suas vidas brutal e tragicamente ceifadas por nenhuma outra razão, exceto pelo fato deles serem cristãos”, disse o bispo. Os cristão são assassinados em situações cotidianas, como no caso de um professor que foi baleado na cabeça a caminho de casa por dois militantes em uma moto. Para a filial terrorista islâmica da Península do Sinai, os cristãos são a sua “presa favorita”, relata a matéria. “Estes ataques terríveis passaram despercebidos pela comunidade internacional, mas os coptas continuam a sofrer violações trágicas diariamente. Eventos semelhantes ocorreram tragicamente com demasiada frequência nos últimos anos, e infelizmente não tem havido muito esforço do governo muita para evitar que eles voltem a ocorrer”, acrescentou Angaelos. Fonte-noticias gospel mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

“Vamos dizer não à Disney”: Malafaia propõe boicote de evangélicos e católicos após beijo gay

A iniciativa da Disney de exibir um beijo gay em seu desenho animado Star vs. as Forças do Mal chacoalhou a sociedade, gerando críticas das pessoas de perfil conservador, e elogios aos simpatizantes da militância LGBT. Nesse cenário, o pastor Silas Malafaia foi um dos que se manifestaram de forma contundente, pedindo o boicote à gigante norte-americana.                                                                                                                                                                                                                              Disney se abre ao ativismo LGBT e exibe beijo gay em desenho infantil pela primeira vez
O ativismo LGBT na Disney vem tomando proporções preocupantes: a gigante do entretenimento infantil exibiu, pela primeira vez, um beijo gay, e já programa a estreia de um filme com um romance homossexual. O desenho infantil Star vs. as Forças do Mal, exibido no Brasil pelo canal por assinatura Disney XD, mostrou no episódio do último dia 23 de fevereiro, uma cena em que dois casais homossexuais se beijam (foto), segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.
Fonte-noticias gospel mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/

quinta-feira, 2 de março de 2017

Papa Francisco reduz pena de padres pedófilos e causa revolta

Uma vida de "penitência e orações", essa foi uma das penas dadas pelo Papa Francisco a sacerdotes que cometeram pedofilia e já foram condenados por abuso sexual na Itália. Críticos alegam excesso de misericórdia, enquanto os defensores afirmam se tratar de "cura e graça"
Vítimas de pedofilia estão revoltadas com o Papa Francisco, após denúncia de que ele estaria aliviando as penas de sacerdotes da Igreja Católica que cometeram abusos sexuais. Sob o argumento de misericórdia e graça, o Pontífice que outras vezes já se posicionou radicalmente contra os escândalos sexuais da igreja, agora parece aliviar o tom, aderindo a concepção de que a pedofilia seria uma “doença”. O sacerdote italiano Mauro Inzoli, condenado pela justiça devido abusos contra crianças menores de 12 anos, foi um dos que receberam a clemência do Papa Francisco, segundo informações da agência Associeted Press, onde o jornalista especializado em escândalos sexuais no Vaticano, Mitch Weiss, também escreve. Invés de ser excomungado, Mauro Inzoli recebeu do Papa Francisco a “pena” de afastamento dos trabalhos públicos e uma vida de penitência e orações. Ele, segundo a matéria publicada no jornal O Globo, é apenas um exemplo entre outros que apelaram para os discursos de “misericórdia” de Francisco para obter a clemência papal após terem cometido abusos sexuais. Os críticos do Papa, incluindo alguns dos seus conselheiros, alegam que aliviando as penas dos sacerdotes pedófilos da Igreja Católica o Papa Francisco pode estar abrindo um precedente perigoso; “Com toda esta ênfase na misericórdia … ele está criando o ambiente para tais iniciativas”, disse uma das fontes anônimas da investigação, comparando ao Papa anterior, Bento XVI, considerado mais rígido, chegando a excomungar cerca de 800 sacerdotes. Em uma carta divulgada no segundo dia deste ano, porém, o Papa Francisco demonstrou rigor contra os casos de abuso, como vemos a seguir: “Tomemos a coragem necessária para implementar todas as medidas e proteger em tudo a vida de nossas crianças, para que tais crimes não se repitam mais. Assumamos clara e lealmente a consigna ‘tolerância zero’ neste assunto”, diz o trecho em publicação no G1. Os defensores de Francisco alegam que a clemência e o alívio das penas retrata a postura cristã de misericórdia, “cura e graça”, mesmo para os que cometeram crimes hediondos; “O Santo Padre entende que muitas vítimas e sobreviventes podem avaliar de forma dura qualquer sinal de misericórdia nesta área. Mas ele sabe que a mensagem do evangelho de misericórdia é, em última instância, uma fonte de poderosa cura e de graça.”, disse o porta-voz do Vaticano Greg Burke. Assista: Fonte- noticias gospel mais/Por- http://www.radionovaalianca.net/